Código de Conduta

  • 1. INTRODUÇÃO

    Baseado nos valores que defende, o Código de Ética e Conduta da Dedeagro é um documento que formaliza as práticas adotadas pela empresa, tornando-se, desta forma, uma ferramenta de uso diário que orienta as ações e decisões que devem ser padrão em todas as suas unidades. O objetivo deste Código não é apenas servir como fonte de informação, mas inspirar relações integras, imparciais, transparentes e de respeito com todos os públicos com os quais a Dedeagro mantém relacionamento, bem como acrescentar valor, apoiar o crescimento e a busca pela melhoria contínua. Além de sua aplicação obrigatória entre os colaboradores, o Código deve servir também de referência para os parceiros Dedeagro. Leia o Código de Ética e Conduta, compreenda e utilize este documento como referência no seu dia a dia.

  • 2. NOSSA HISTÓRIA

    A Dedeagro Comécio e Representação de Produtos Agrícolas Ltda foi fundada em 1997 pelo Sr. João Augusto Dedemo Prado e sua esposa, Sra. Lucia Helena Oliveira Dedemo Prado. Na época de sua fundação, o foco do casal de empreendedores era atuar no mercado de café, por isso, a cidade de Franca foi a escolhida para dar início ao projeto da empresa, onde até hoje situa-se a Matriz da empresa. Ao logo dos anos, outros desafios foram assumidos pela empresa, que visava trabalhar também nos mercados de cerais e cana-de-açúcar, e foram inauguradas as filiais de Ipuã – SP, Uberlândia – MG e Guaíra – SP. Através de parcerias duradouras com as indústrias multinacionais do segmento de insumos agrícolas, a Dedeagro se fortalece a cada ano e, em busca de inovação, segue pioneira nos projetos propostos por fornecedores, conquistando a liderança nas regiões em que atua. Bom atendimento, qualidade dos produtos e assistência técnica especializada são características marcantes na Dedeagro, o que tem garantido a ele ser de fato “O parceiro do agricultor”.

    2.1 Nossa Visão

    Ser referência como distribuidor de insumos agrícolas nas regiões em que atua, com excelência operacional e alta participação de mercado.

    2.2 Nossa Missão

    Atuar na distribuição de insumos agrícolas e no beneficiamento de sementes, assessorar e repassar tecnologias a produtores rurais, por meio de produtos de qualidade e do conhecimento técnico de seus consultores, mantendo a credibilidade junto a fornecedores e clientes com o intuito de expandir mercados na área agrícola.

    2.3 Nossos Valores

    Ética e Responsabilidade: Valorizando a conduta comprometida com a honestidade e respeito nas relações humanas e ambientais, mantendo a credibilidade com nossos stakeholders. Transparência: Proporcionando a todos o pleno conhecimento dos procedimentos adotados e clareza na prática dos negócios, garantindo a confiança. Persistência: Concentrando esforços, com disciplina e propósito, alcançando o sucesso. Integridade: Agindo com justiça e igualdade para todos priorizando o bem comum. Coragem: Assumindo decisões e risco, mantendo a competitividade. Paixão pela agricultura: Trabalhando com entusiasmo e satisfação nesta atividade cheia de surpresas que inspira vida e saúde.

  • 3. POLÍTICAS DE RELACIONAMENTO

    As políticas de relacionamento da empresa têm como principal objetivo criar uma relação sólida com seus públicos, aumentando os seus respectivos níveis de satisfação e proporcionando uma aproximação contínua. Destacam-se abaixo, os principais tópicos abordados nas Políticas Internas da Dedeagro, que são fundamentalmente: a tradução da forma como a empresa atua, refletindo a transparência e o comprometimento da empresa, demonstrando os esforços que ela realiza para colocar a sua visão, sua missão e valores em prática.

    3.1 Parceria

    São parceiros comerciais ou parceiros de negócios todos os contratados, direta ou indiretamente, sendo que: Ser parceiro é estar comprometido com a satisfação das necessidades do outro. A parceria evolui quando se proporciona à outra pessoa satisfação em trabalhar junto; A parceria tem futuro, porque vai além de uma negociação. Isso significa que existe uma constante comunicação e, por consequência, a possibilidade de um crescimento e um desenvolvimento mútuo.

    3.2 Relações com sindicatos

    A Dedeagro valoriza um bom relacionamento com as entidades sindicais e respeita a livre associação por parte dos colaboradores e todo o processo de negociação coletiva, reconhecendo o cumprimento dos acordos coletivos.

    3.3 Colaboradores

    O relacionamento da Dedeagro com seus colaboradores baseia-se no respeito, proximidade, transparência e valorização. A empresa respeita seus colaboradores como profissionais, coletiva e individualmente, promove o respeito mútuo entre todos os elementos no trabalho e respeita a privacidade de seus colaboradores, no que se refere a informações sensíveis obtidas e mantidas sob responsabilidade da área do departamento pessoal.

    3.3.1 Saúde e segurança

    A Dedeagro garante a todos os seus colaboradores condições adequadas de trabalho, baseada nos mais elevados princípios de higiene e segurança, realizando e avaliando continuamente ações preventivas e corretivas. Contudo, é de responsabilidade dos colaboradores estarem atentos às normas e procedimentos para a realização de suas atividades profissionais, preservando sua integridade física e de seus colegas.

    3.3.2 Relógio de ponto

    O registro de identificação deve ser ativado no relógio de ponto somente quando o colaborador estiver autorizado a iniciar e finalizar suas atividades, de acordo com seu contrato de trabalho. Não é permitido que um colaborador realize a identificação de outro colaborador no relógio de ponto ou que realize o ato de identificação no seu horário de saída e volte a trabalhar.

    3.3.3 Utilização de uniforme da empresa

    Recomenda-se estar uniformizado fora de sua jornada de trabalho apenas nas pausas para descanso e alimentação, e no percurso de ida e volta ao trabalho. Não se deve utilizar o uniforme nos momentos de lazer, como por exemplo em happy-hours, evitando exposições à imagem da Dedeagro.

    3.3.4 Utilização adequada dos recursos da empresa

    Os funcionários e terceiros que utilizam as dependências da empresa são igualmente responsáveis pela guarda, zelo e conservação de seus bens, em especial por aqueles disponibilizados para uso exclusivamente profissional, não podendo apropriar-se indevidamente destes, tão pouco dar-lhes finalidade diversa da estipulada, seja em benefício próprio ou de outrem. Os colaboradores da Dedeagro deverão estar aptos ao uso dos veículos da empresa e utilizar apenas para atividades relacionadas ao trabalho, sendo que qualquer dano gerado ao veículo, quando esse estiver sendo usado para interesses particulares, será de responsabilidade do colaborador. Toda e qualquer multa de trânsito, com o uso de veículo da empresa, será de responsabilidade do infrator.

    3.3.5 Confidencialidade de informações

    Uma informação confidencial indevidamente disponibilizada pode gerar prejuízos imensuráveis a qualquer empresa. Sendo assim, todos os colaboradores, são responsáveis por manter o sigilo de tais informações. Não compartilhar informações com outros colaboradores ou terceiros que não necessitem delas para a realização do seu trabalho é um dever dos funcionários, assim como: Manter sigilo e não divulgar informações confidenciais, mesmo após o término do vínculo de trabalho com a Dedeagro; Ter atenção e prudência ao realizar reuniões e/ou falar ao telefone em locais públicos; Não utilizar informações da Dedeagro em palestras e trabalhos acadêmicos sem a devida aprovação formal do gerente da área.

    3.3.6 Imagem e reputação

    Seja em ambiente interno ou externo, como participação em treinamentos ou eventos, utilizando o carro da empresa ou outras situações que permitam a identificação da Dedeagro, a conduta do funcionário deve ser compatível com os valores da empresa, contribuindo, assim, para o reconhecimento de sua boa imagem corporativa.

    3.3.7 Acesso à internet

    Todo e qualquer acesso à internet será feito exclusivamente para o desempenho das atividades profissionais e por interesse da empresa. Sites que tenham informações que não guardam relação com os negócios da Dedeagro ou que não agreguem conhecimento aos funcionários não deverão ser acessados.

    3.3.8 Utilização de redes sociais

    A Dedeagro está presente nas redes sociais, através de colaboradores responsáveis, portanto, é importante reforçar que a proteção da imagem da empresa é responsabilidade de todos, tendo como dever o colaborador: Direcionar à Gerência de Marketing toda e qualquer reclamação de cliente que tenha acessado ou recebido por meio de mídia socias; Não divulgar informações e comentários da Dedeagro e de seus clientes em mídias sociais, seja em seus perfis pessoais ou de terceiros; Saber que as diretrizes para confidencialidade de informações, assim como para o relacionamento com a imprensa, são aplicáveis para as mídias sociais; Ser responsáveis e respeitosos nos posts em redes sociais e saber que qualquer informação divulgada é de responsabilidade do colaborador, sendo a Dedeagro, totalmente isenta.

    3.3.9 Conflito de interesses

    Algumas situações podem gerar, favorecer ou sugerir um conflito de interesses entre colaboradores, terceiros e as normas da Dedeagro. Todos devem evitar e/ou lidar com tais situações e preservar primordialmente os interesses da empresa. Para tanto, não será permitido entre os colaboradores: Auferir vantagem financeira, direta ou indiretamente, de instituições que mantenham relações comerciais com a Dedeagro; Aceitar, direta ou indiretamente, dinheiro ou objeto de valor, acima de USD 50,00, de qualquer pessoa ou entidade que tenha ou esteja interessada em criar relações comerciais com a Dedeagro; Manter atividades paralelas ou ser sócio, direta ou indiretamente, de companhia que seja concorrente e/ou conflitante com o negócio da Dedeagro; Os colaboradores deverão submeter à Diretoria da empresa todas as relações e/ou situações que possam gerar conflito de interesses para esclarecimento.

    3.3.10 Indicação e contratação de familiares

    Nos processos de seleção e contratação de colaboradores e/ ou fornecedores será permitida a participação de familiares de 1º ou 2º grau, ressaltando que: Todos os candidatos são submetidos à todas as etapas do processo seletivo sem exceção; Não é permitida a indicação e contratação para posições/ funções que possam sugerir conflitos de interesses; Não haverá qualquer favorecimento ou privilégio, independente do grau de parentesco com o colaborador da Dedeagro. Em caso de dúvidas, é importante consultar o departamento de Recursos Humanos antes de prosseguir com a indicação.

    3.4 Clientes

    O relacionamento com clientes deve ser pautado pela busca da satisfação integral, até os limites impostos pelos demais princípios norteadores dos relacionamentos com terceiros, o que implica dizer que primamos pela maior qualidade de atendimento possível, em conformidade com as normas deste Código, com as políticas da empresa e com a legislação nacional. A Dedeagro busca estabelecer com seus clientes uma relação de confiança mútua, prestando serviços e entregando produtos com a melhor qualidade e adotando uma comunicação baseada em informações verdadeiras a respeito de seus produtos e serviços. Ao assumir um compromisso com o cliente, a Dedeagro avalia as possibilidades e promete apenas aquilo que é capaz de cumprir, envolvendo todos os aspectos do relacionamento, inclusive quanto a reservas, descontos, preços negociados e prazos de entregas dos produtos. O atendimento ao cliente deve ser pontual e ágil. A Dedeagro proporciona fácil acesso do cliente ao serviço ou informação de seu interesse, registrando e comunicando internamente as manifestações dele, resolvendo de forma rápida e individual as demandas e orientando-os sobre os procedimentos adotados. A Dedeagro promove treinamento continuo de seus profissionais de atendimento para uma relação ética e de respeito aos direitos do consumidor, principalmente sobre a importância de procedimentos éticos na obtenção, manutenção e uso das informações de caráter privado resultantes da interação com seus clientes.

    3.5 Fornecedores

    A política que trata do relacionamento com fornecedores inclui como critério a prática efetiva de processos ético de gestão das informações de carácter privado obtidas nas relações da Dedeagro com seus clientes ou com o mercado em geral. A Dedeagro busca relações profissionais e isentas de favorecimentos com seus fornecedores, efetivando a contratação através de critérios técnicos, profissionais (qualidade, preço, prazo de entrega e atendimento) e éticos, por meio de processo pré-determinado e em consonância com a Política de Compras e Suprimentos. As aquisições de bens e serviços de fornecedores sempre devem buscar o melhor custo/benefício para a empresa.

  • 4. POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO

    A Dedeagro adota um bom relacionamento com todas as esferas públicas, autoridades locais, estaduais e nacionais, como prefeituras, órgãos de licenciamento urbano e ambiental, cartórios, agências reguladoras e entidades governamentais. Além disso, reforça seu compromisso com o respeito às leis, normas e regulamentos desses órgãos e o cumprimento de seus deveres. A Dedeagro apoia as práticas anticorrupção de acordo com as convenções internacionais, que proíbem a oferta, o pagamento e a promessa de pagamento ou autorização para pagamento de qualquer quantia em dinheiro, presentes ou objeto de valor a qualquer funcionário público com a finalidade de: Influenciar qualquer ato ou decisão do funcionário público; Induzi-lo a praticar qualquer ato em violação dos seus deveres legais; Garantir vantagens indevidas, tais como obter um alvará ou uma redução fiscal; Induzi-lo a usar sua influência sobre um órgão governamental para ajudar a conseguir, manter ou encaminhar negócios a qualquer pessoa. Orienta seus colaboradores que, em caso de receberem pedidos de “pagamentos facilitadores”, reportem à Diretoria imediatamente. A Dedeagro proíbe que se realizem em seu nome, negociações que envolvam favorecimento direto ou indireto de agentes do poder público e assume compromisso de combate à corrupção e à propina.

  • 5. POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO DA DIVERSIDADE

    A Dedeagro segue rigorosamente a legislação relacionada a preconceito e discriminação e se declara contra o comportamento discriminatório, proibindo práticas discriminatórias quanto a questões étnicos-raciais, de gênero, de idade, religiosa, da orientação sexual, da origem geografia, da classe social, da deficiência, da aparência física e de qualquer questão, na relação com seus colaboradores, clientes, fornecedores e comunidade de entorno. Desta forma, promove também, a igualdade de oportunidades no ambiente interno em seus processos e ferramentas de gestão de pessoas.

  • 6. GESTÃO SUSTENTÁVEL

    Os parâmetros e requisitos ambientais exigidos pela legislação nacional são seguidos pela Dedeagro, que também desenvolve programas internos de desenvolvimento sustentável através de palestras de orientação aos colaboradores, além de promover o uso consciente de seus materiais e recursos, buscando reduzir o consumo de energia e de água. A empresa também apoia e participa de associações que visam o gerenciamento e coleta de embalagens descartáveis com resíduos tóxicos. A preservação do meio ambiente e a promoção de atitudes sustentáveis são prioridades para a Dedeagro, que atua com comprometimento na prevenção e minimização de danos ambientais que sejam previsíveis em suas atividades.

  • 7. GESTÃO DO CÓDIGO DE CONDUTA

    A aprovação deste código e suas atualizações são de responsabilidade da Diretoria Administrativa da Dedeagro. Os casos que não estão previstos neste Código de Conduta, bem como dúvidas, denúncias de descumprimento e violações devem ser encaminhados à Diretoria da empresa ou, se houver necessidade de confidencialidade, relatados no Canal de Denúncias. Cabe aos gestores, em todos os níveis, garantir que seus subordinados e os terceiros em que possuem relacionamento conheçam e apliquem os preceitos deste Código. É responsabilidade de cada colaborador o conhecimento das políticas e práticas expressas neste Manual de Conduta e Ética. No caso de violação de qualquer norma estabelecida neste Manual, serão adotadas as medidas disciplinares cabíveis, incluindo demissões, sempre garantindo o pleno direito de defesa e argumentação das partes envolvidas. A omissão diante do conhecimento de possíveis violações por terceiros será igualmente considerada conduta antiética. Sugestões de melhorias devem ser encaminhadas ao Departamento de Recursos Humanos por escrito. Estas sugestões serão analisadas pela Diretoria e incluídas na edição seguinte, se forem consideradas pertinentes.